Embalado pela torcida, Goiás volta a vencer!

Na partida que marcou o retorno do Goiás ao Serra Dourada, após mais de dois meses jogando longe ou sem sua torcida, assim como a reestreia de Hélio dos Anjos no comando do time esmeraldino, o Verdão levou a melhor sobre o Papão e conquistou a vitória. O Maior do Centro Oeste voltou a vencer depois de sete jogos. Eram cinco derrotas e dois empates. A última vitória foi contra o CRB, no mesmo palco de hoje, em 29/07/2017. Com gols de Tiago Luis e Carlinhos, ambos de cabeça, o Goiás levantou e sacudiu a poeira que ofuscava o time da Serrinha. Hélio dos Anjos teve papel fundamental na vitória, pois deu liberdade aos laterais e eles conseguiram corresponder com vários cruzamentos e jogadas ofensivas. A vitória foi um presente aos mais de 12 mil torcedores que priorizaram o Verdão neste sábado e apoiaram a equipe o tempo inteiro, em mais uma grande festa da nação Esmeraldina.

A partida começou com forte marcação no meio campo e muitas tentativas frustradas de lançamentos longos, além de vários passes errados, principalmente da parte do Goiás, que teve maior posse de bola. A primeira jogada de ataque mais clara, começou com Tony, que recebeu ainda no meio campo, pela direita, e foi avançando até a entrada da área, quando fez o passe para Aylon, que recebeu e bateu forte, por cima do gol de Emerson. O jogo continuou no mesmo ritmo e o Goiás só chegou novamente aos 27 minutos, em nova jogada pela direita com Tony, que fez o cruzamento e a defesa afastou pela linha de fundo. Na cobrança de escanteio bola cruzou livremente toda a área do Paysandu. O Goiás chegou outras vezes, na maioria pelo lado direito, mas não levou perigo ao gol adversário. O Paysandu até esboçava alguma tentativa de chegar ao gol, principalmente nos contra-ataques, mas não teve no primeiro tempo nenhuma jogada digna de nota. O calor e o apoio da torcida esmeraldina nas arquibancadas foram os grandes destaques na etapa inicial, embora o público tenha reagido com algumas vaias, ao final da primeira etapa.

O Goiás voltou sem alteração para o segundo tempo, mas com time mostrando um pouco mais de disposição, com Tiago Luis e Carlos Eduardo arriscando chutes sem sucesso e Tony e Carlinhos sempre buscando chegar ao ataque. E foi num apoio dos laterais que o Goiás abriu o placar aos 14 minutos. Tiago Luis abriu mão de cobrar algumas faltas pelo Esmeraldino e, em uma dessas cobranças, a bola ficou com Tony que, pelo lado direito de ataque, bem em frente ao novo treinador e ao seu banco de reservas, cruzou bola em meia altura na área e encontrou o próprio Tiago Luis que chegou a se abaixar para desviar de cabeça e mandar a bola no canto direito do goleiro Emerson. 1 x 0.

E o lateral direito Tony, que já vinha bem na partida desde o primeiro tempo, protagonizou outra grande jogada pela direita. Aos 33, ele recebeu a bola, ergueu a cabeça e viu o lateral esquerdo Carlinhos entrando na área, nas costas da defesa. Pensou e executou bem o cruzamento, encontrando o baixinho ala esmeraldino que, também de cabeça, fez o segundo gol do Goiás. 2 x 0.

O Paysandu diminuiu aos 37. Em cobrança de escanteio, a bola foi cruzada bem aberta para a área e Marcão escorou para Rodrigo Andrade desviar para o fundo das redes esmeraldinas. 2 x 1. A partida prosseguiu em clima de nervosismo e ansiedade, mas o Goiás conseguiu segurar o resultar e voltar a comemorar um vitória na Série B.

Com a vitória, o Goiás saiu da zona de rebaixamento e chegou à 15ª colocação, com 28 pontos, superando nos critérios de desempate o Santa Cruz (16º), Figueirense (17º) e Luverdense (18º), ambos com os mesmos 28 pontos. A zona de rebaixamento ainda tem o Náutico em 19º (20 pontos) e o lanterna ABC, com 17. O próximo compromisso do Esmeraldino será no dia 26/09 (terça-feira), contra o BOA Esporte, em Varginha-MG, as 20h30. Depois, mais um jogo fora contra o ABC (na sexta, 29/09), até voltar a Goiânia, no dia 06/10, quando recebe o Náutico, as 21h30, no Serra Dourada.

FICHA TÉCNICA DE GOIÁS 2 x 1 PAYSANDU

Campeonato Brasileiro da Série B – 25ª rodada. Aos 23/09/2017, às 16h30, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia-GO.

Árbitro: Rodolpho Toski Marques. Assistentes: Victor Hugo Imazu dos Santos e Rafael Trombeta. 4ª árbitro: Roberto Giovanny Oliveira Silva. Todos da Federação Paranaense de Futebol.

Gols: Tiago Luis (Goiás), aos 14 (2t), Carlinhos (Goiás), aos 33 (2t), e Rodrigo Andrade (Paysandu), aos 37 (2t).

Cartões amarelos: Carlinhos, Léo Sena, Carlos Eduardo e Andrezinho, pelo Goiás. Ayton, Nando Carandina e Guilherme Santos, pelo Paysandu.

Público pagante: 11.343. Público presente: 12.820. Renda: R$ 73.310, 00.

GOIÁS: Marcelo Rangel, Everton Sena, Fábio Sanches e Alex Alves, Tony, Carlinhos, Léo Sena (Elyeser), Pedro Bambu e Tiago Luís (Andrezinho), Carlos Eduardo (Nathan) e Aylon. Técnico: Hélio dos Anjos.

PAYSANDU: Emerson; Ayrton, Perema, Douglas Mendes e Guilherme Santos; Renato Augusto, Nando Carandina (Juninho), Rodrigo Andrade e Diogo Oliveira (Jonathan); Bergson (Magno) e Marcão. Técnico: Marquinhos Santos.

9 Comments

  1. PROF HELIAO TEM DE FABRICAR UM MEIA E UM CENTROAVANTE . Deve entrar no lugar do Leo Sena e Carlos Eduardo com terceiro cartão amarelo, O retardado do BOLD e no ataque o Michael ou o lendário Natan Cachorrao.

  2. Parabéns a torcida do Goias , Prof HELIAO e raça dos jogadores . Com time ruim e sem inrossamento , vai ser assim até final , mas não vamos cair . Vamos vencer os dois jogos fora e colocar 30 mil esmeraldinos no serra.

  3. Avatar Edecio disse:

    Emocionante a torcida cantando o hino do Goias. Heliao realmente é o cara, o esquema de alas dele funcionou e ele teve a visao sobre Carlos Eduardo. Natan entrou bem, pelo menos com mais lucidez e demonstrando experiencia. Defesa bem fechada, Rangel nem teve trabalho, o gol deles foi achado. VALEU VERDAO

  4. Avatar Aecio disse:

    Parabéns a todos que foram ao estádio
    Acredito que devemos manter isso pois nosso time Eh ruim todos nós sabemos e pra não cair tem muitos pontos para serem conquistados e que na décima rodada vencemos o vila pra tirar eles do G4 e ganharmos moral

  5. Avatar Divaldo Mendonça Borges disse:

    Esse Carlos Eduardo que não tem técnica nenhuma, que a bola morde o tempo todo nele, que as caneladas e tropeços na bola não tem como ser evitadas, que não sabe dominar uma bola, não entende de tabelas, não possui noção de espaço, não sabe driblar, não tem um radar de rumos, é peidado da cabeça, não faz gol, pois é, ainda toma o lugar de um atacante que saiba tudo isso e muito mais! Só no Goiás!

  6. Avatar Márcio Rosa disse:

    Acabei de chegar do serra dourada. Um sofrimento do primeiro ao ultimo minuto. O time foi na raça. Aylon apagado mas fazendo o pivô e segurando dois zagueiros. Carlos eduardo, bem marcado, não conseguia dominar as bolas lançadas. Bambu ,gordo igual um porco . Meio de campo sem criatividade, o ataque, cardíaco, mas todos correram e suaram a camisa. É provavel que o Hélio dos anjos , mantenha esse time , pra pegar ritmo de jogo.

  7. Avatar Kassio Ricardo disse:

    Falei que tinha que jogar na 3-5-2 ou 3-6-1. A diferença que um técnico de verdade faz. Se tivesse o Gamalho ainda, seria um time mais forte!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

slug; } $pageCategories = implode(',', $cats); } elseif (is_archive()) { $pageType = 'listing'; $cats = array(); foreach((get_the_category()) as $category) { $cats[] = $category->slug; } $pageCategories = implode(',', $cats); } ?>
error: Content is protected !!